CasaSol | SolarTron - Sistemas de Energia Solar Fotovoltaico
CasaSol | SolarTron - Sistemas de Energia Solar Fotovoltaico

PIONEIRISMO

 
CasaSol | SolarTron - Sistemas de Energia Solar Fotovoltaico
CasaSol | SolarTron - Sistemas de Energia Solar Fotovoltaico
CasaSol | SolarTron - Sistemas de Energia Solar Fotovoltaico

A CasaSol é pioneira na implantação de Sistemas de

Geração de Energia Elétrica Solar Fotovoltaica no Brasil

INOVAÇÃO E EQUIPAMENTOS DE EXCELÊNCIA

Utilizamos somente equipamentos de última geração e de marcas mundialmente consagradas:

ABB Inversores Fotovoltaicos
Canadian Solar Inversores Painéis Células Placas Solares Fotovoltaica
Fronius Inversores Fotovoltaicos
Onesto String Box
SolarTron CasaSol
Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

A CasaSol desenvolve processos inovadores de Geração de Energia Solar com maior rendimento dos equipamentos e menores custos de implantação.

CAMPOS SOLARES

Pioneiros em implantação de Campos Solares:

Campo SolarTron São Paulo - Região de atuação da Eletropaulo

Campo SolarTron Bahia - Região de atuação da Coelba

Campo SolarTron Sergipe - Região de atuação da Energisa Sergipe

Os equipamentos de geração de energia solar podem ser implantados em local distinto do endereço do consumidor, desde que estejam na área de atuação da mesma Concessionária.

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica
CasaSol - Casa da Sustentabilidade
 

SISTEMAS COMPARTILHADOS

É possível compartilhar

Sistemas de Geração de

Energia Fotovoltaica em um Campo Solar ou no endereço de um ou mais consumidores.

Sistemas Fotovoltaicos Compartilhados SolarTron CasaSol
CasaSol - Casa da Sustentabilidade

A maior escala reduz os custos do projeto, dos equipamentos e da implantação, beneficiando a todos que os compartilharem.

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

INSTALAÇÕES RESIDENCIAIS

É pequena a área necessária para

implantação dos Painéis Solares

Instalações Residenciais, Comerciais e de Serviços: Geralmente os painéis ocupam 1/3 da área do telhado.

No caso de edifícios, é indicada implantação de campos solares.

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS

SolarTron CasaSol

Geralmente, as áreas do telhado são suficientes para receber os painéis fotovoltaicos, mas caso seja necessário, a instalação poderá ser feita parcial ou até inteiramente em um campo solar.

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

ILUMINAÇÃO DE LOTEAMENTOS E CONDOMÍNIOS

ENERGIA SOLAR

PARA AS

​ÁREAS COMUNS

SolarTron CasaSol

Será considerável a redução de custos com a geração de energia solar.

Devido à elevada escala de consumo, é indicada a implantação de campos solares. Também poderão ser usadas as áreas nos telhados dos prédios da administração condominial e do clube

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

FINANCIAMENTO

Desenvolve SP Financiamento Energia Solar Fotovoltaica

LINHA ECONOMIA VERDE

Carência: 24 Meses

Prazo Máximo: 120 Meses

Taxa de Juros: 0,53% a.m.

Banco do Nordeste BNB FNE SOL Financiamento Energia Solar Fotovoltaica

PROGRAMA FNE SOL

Carência: 12 Meses

Prazo Máximo: 144 Meses

Taxa de Juros: 0,72% a.m.

+ bônus de 15% nos juros

para pagamento na data

Após a instalação, há economia de até 20% em relação à conta de luz durante o período de amortização do empréstimo. Depois da quitação do empréstimo, não será mais preciso pagar a conta de luz.

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

O VALOR DA PRESTAÇÃO MENSAL PARA

PAGAMENTO DO SISTEMA É CERCA DE

20% MENOR QUE A CONTA DE LUZ

Economia CasaSol

Além de se livrar da conta de luz durante o período de carência, será acumulada considerável economia durante o período de amortização do empréstimo. Não haverá impacto de acréscimos no caso de interposição de bandeiras tarifárias Vermelha ou Amarela e aumentos além da inflação.

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

ETAPAS

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

Etapa 4

QUITAÇÃO INTEGRAL

Não será mais preciso pagar conta de luz.

Será maior ainda se houver acréscimos em

função das bandeiras tarifárias Vermelha e

Amarela e de aumentos acima da inflação.

Etapa 1

TOMADA DO EMPRÉSTIMO BANCÁRIO Financiamento de 100% do valor do Projeto Nesse momento não há nenhum desembolso.

Etapa 2

PERÍODO DE CARÊNCIA

Não há pagamento do financiamento e nem da conta de luz

Etapa 3

PRAZO DE AMORTIZAÇÃO:

Prestação cerca de 20% abaixo da conta de luz

GANHO FINANCEIRO

PROPORCIONADO PELO PROJETO

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

APLICAÇÕES FINANCEIRAS vs INVESTIMENTO EM ENERGIA SOLAR

Investimento Energia Solar Fotovoltaica SolarTron CasaSol

O INVESTIMENTO EM ENERGIA SOLAR RETORNA EM 6,9 ANOS;**

 

EM CDB RETORNA EM 15,4 ANOS;

 

EM TÍTULO DO TESOURO, RETORNA EM 22,6 ANOS.

*NTB-B principal 2024. Taxa média de compra em 2016: IPCA+6,27% (menos 0,3% a.a. taxa BMF, menos taxa da corretora, imposto de 15% inclusive sobre o IPCA). Para IPCA de 6,99% (de dez/15 a nov/16), para corretora que não cobre taxa. Taxa real líquida = 4,6% a.a. Payback time 15,4 anos. CDB 85% do CDI: CDI de 10/jan/17 = 13,63% aa. prazo de 8 anos. Inflação de 6,99%a.a (IPCA de dez/15 a nov/16). Taxa real líquida: 3,1% a.a. Payback time = 22,6 anos. SolarTron: Taxa real líquida 10,1% a.a., Payback time: 6,9 anos. **Aplica-se à tarifa de R$ 0,64kW/h

GARANTIAS

Módulos Fotovoltaicos SolarTron CasaSol

Módulos

Garantia: 10 anos

Garantia de Performance: 25 anos

Inversores Fotovoltaicos SolarTron CasaSol

Inversores

Garantia: 5 anos

Todas as garantias são fornecidas pelos respectivos fabricantes.

Inclui ainda, sem custo adicional,

Seguro de 1 Ano para Projeto e Instalação.

Solar Tron - Energia Elétrica Solar Fotovoltaica

EXPERIÊNCIA NO SETOR ELÉTRICO e

IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS

A CasaSol tem entre suas marcas o selo SolarTron e uma equipe técnica especializada em implantação de Projetos de Geração de Energia Solar Fotovoltaica On-Grid, Off-Grid ou Híbrido. As normas sobre geração distribuída de energia solar são muito recentes no Brasil. Foram consolidadas na Resolução Normativa 687 da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, de 24/11/2015, e somente em março de 2016 passaram a vigorar, permitindo a implantação consorciada de projetos envolvendo a geração de energia em locais distintos dos pontos onde ocorre o consumo, desde que abrangidos pela área de atuação de uma mesma Concessionária. A implantação de sistemas de geração de energia solar no Brasil se encontra em estágio inicial, chegando apenas a 6,7 MW de potência instalada no final de 2015, correspondente a apenas 0,01% do total de energia elétrica gerada no País, mas, tornou-se mais dinâmico, com taxas de crescimento da ordem de 300% ao ano.

 

TRABALHOS EXECUTADOS NO SETOR ELÉTRICO

Relação de trabalhos executados no Setor Elétrico por parte de Sabetai Calderoni, Presidente da CasaSol, atuando como consultor, coordenador de projetos e presidindo a Casa da Sustentabilidade – CasaSol; o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável – IBRADES; o Instituto de Ciência e Tecnologia em Resíduos e Desenvolvimento Sustentável – ICTR; e o Instituto Brasil Ambiente.

Concessionárias de Energia Elétrica - Clientes

Sabetai Calderoni, como presidente do Instituto Brasil Ambiente, é o responsável pela certificação de Companhias de Energia Elétrica brasileiras junto à ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, em programas de eficiência energética das concessionárias AES Eletropaulo – SP; AES Sul – RS; Energisa Sergipe – SE; Energisa Borborema – SP; Energisa Minas Gerais – MG; Energisa Paraíba – PB; Energisa Nova Friburgo – RJ; Light – RJ; Ampla – RJ; CEMAR – MA; COELCE – CE.

Eletrobras

Consultoria para implantação de Usinas Hidrelétricas de grande porte no Brasil.

Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A – Eletronorte

Projetos elaborados como vencedor do concurso nacional para estudo socioambiental e econômico da Usina Hidrelétrica de Balbina, na Amazônia.

Usina Hidrelétrica Novo Horizonte

Ex co-proprietário da Hidrelétrica Novo Horizonte, situada no Estado do Paraná, atuando também no planejamento do projeto e negociações para alienação do empreendimento.

General Electric

Estudo de estratégias para utilização de materiais isolantes elétricos dirigido à General Electric, a maior empresa do mundo nessa área.

Carbocloro S/A

Indústrias Químicas Implantação de projeto para garantia de suprimento de energia elétrica. A Carbocloro é indústria eletrointensiva, cujo consumo equivale ao de cidades de grande porte, como a de Campinas.

Microlite S/A

Implantação de estratégia de planejamento para a produção de baterias no Brasil.

TRABALHOS EXECUTADOS NA ÁREA DE

MEIO AMBIENTE E CIDADES SUSTENTÁVEIS

Organização das Nações Unidas – ONU

Elaboração da Política Ambiental para América Latina e Caribe; Elaboração de estudo e publicação de trabalho sobre financiamento de projetos ambientais; Apresentação de trabalho na área ambiental na sede da Organização das Nações Unidas em Nova York.

 

Banco Mundial

Estudos e articulações sociais para implantação de Polo Integrado de Reciclagem no Distrito Federal.

 

Ministério da Ciência, Tecnologia e Informação; Ministério da Defesa; Agência Espacial Brasileira – AEB; Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas

Projeto sob coordenação de Sabetai Calderoni para implantação da Cidade Sustentável de Alcântara/MA, cidade sede da base espacial brasileira. Tratou-se de projeto pioneiro de grande fôlego, envolvendo a coordenação de equipe de mais de 200 especialistas ao longo de 3 anos. Em função desse projeto, foi obtido o primeiro atestado de projeto de Cidade Sustentável no Brasil emitido pelas entidades contratantes.

 

Petrobras

Estudos de planejamento de grande fôlego dirigidos à Petrobras.

 

Atuação como membro de Conselhos de Administração​

Membro do Conselho de Administração da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB.

Membro do Conselho de Meio Ambiente da FIESP e coordenador do Grupo de Trabalho Cidades Sustentáveis.

Membro do Conselho de Administração da Fundação Pref. Faria Lima, ex-CEPAM.

 

Trabalhos de consultoria

Atendimento a governos estaduais e municípios das regiões norte, nordeste, sul e sudeste; Trabalhos de consultoria dirigidos ao Governo Federal; Participação na elaboração de políticas públicas junto ao Senado e à Câmara de Deputados.

 

Reconhecimento público

Homenageado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo por trabalhos na área de implantação de Cidades Sustentáveis.

Sobre o Presidente Prof. Dr. Sabetai Calderoni

Doutor em Ciências pela USP; Cursos de pós-graduação e especialização na Grã-Bretanha, nos Estados Unidos e em Portugal; Bacharelado em Economia e em Direito, ambos pela USP. Docente nas área de Economia e Meio Ambiente, em cursos de graduação e pós-graduação na USP; UNITAU; ADESG; PM/SP. Pesquisador do NAIPPE/USP. Autor de mais de duas dezenas de publicações, sobretudo em livros e monografias, inclusive publicadas pela ONU, e do livro "Os Bilhões Perdidos no Lixo" Ed. Humanitas, 4ª ed.

Presidente do Instituto Brasil Ambiente (desde 1987); Presidente do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável - IBRADES; Consultor da Organização das Nações Unidas – ONU; Consultor do Banco Mundial; Conselheiro do Conselho Superior de Meio Ambiente da FIESP; Ex-membro do Conselho de Administração da CETESB e Fundação Prefeito Faria Lima (CEPAM); Presidente do Instituto de Ciência e Tecnologia em Resíduos e Desenvolvimento Sustentável (ICTR).

Atuação na elaboração de políticas públicas nas áreas de meio ambiente e resíduos; Elaboração da Política Ambiental para América Latina e Caribe; Participação na discussão da Política Nacional de Resíduos Sólidos na Câmara dos Deputados e Senado Federal e, na Assembléia Legislativa, da Política de Resíduos do estado de São Paulo; Elaboração do plano de implantação do Pólo Integrado de Reciclagem (PIR) do Distrito Federal; Palestrante na ONU (NY) na área de projetos de sustentabilidade ambiental, ensejando visitas técnicas a países da Ásia, África e Europa.

Sabetai Calderoni

• Implantação de cidades sustentáveis: ”Alcântara Cidade Sustentável – Uma Estratégia Centrada na Gestão de Resíduos” (contrato com a Agência Espacial Brasileira e o Instituto de Tecnologia e Pesquisa – ITP); Vale da Sustentabilidade na região petrolífera do vale do Cotinguiba em Segipe (14 municípios); projetos em curso nos estados de São Paulo; Sergipe; Paraná; Maranhão; Distrito Federal.

• Atuação em Planejamento, licenciamento ambiental e Implantação de Usinas Hidrelétricas; Inserção regional de UHEs; Negociação comunidade / governo / empreendedor na implantação de UHEs; Trabalhos junto à Eletrobrás, Eletronorte; MK Engenharia; CNEC nos primeiros estudos sobre o Complexo Hidrelétrico de Altamira (UHE Babaquara e  Kararao); Estudos sócio-ambientais das usinas hidrelétricas de Balbina (vencedor de certame nacional); bem como Itá e Machadinho; Licenciamento ambiental de PCHs: PCH Nova Pinhal; PCH Eleutério; PCH Saltinho; PCH Rolador; PCH Divisa; Ex-proprietário da PCH Novo Horizonte. • Elaboração de Planos de Desenvolvimento Regional e Ambiental para vários Estados e Municípios brasileiros; Planejamento da implantação de empreendimentos privados para empresas nacionais e internacionais: General Electric; Grupo Pão de Açucar; Elgin Máquinas; Kent Feeds; Grupo Microlite. ​

 

• Participação de numerosas bancas de Doutorado e Mestrado na USP (Escola Politécnica, Fac. Saúde Pública e outras); UNICAMP (Fac. Engenharia); UFRJ (COPPE); UFSC; Participações numerosas em congressos e simpósios, nacionais e internacionais. Presença constante, na grande imprensa, no debate sobre temas ambientais.